Cranford – Elizabeth Gaskell

Cranford de Gaskell

Cranford é um romance que foi inspirado na cidadezinha que a autora passou a sua infância: Knutsford, em Cheshire, Inglaterra, onde Elizabeth Gaskell viveu com sua tia Hannah Lumb após a morte de sua mãe. É considerada uma obra autobiográfica.

Narrado em primeira pessoa por Miss Mary Smith, uma ex-moradora de Cranford, que volta à cidade para visitar seus amigos, portanto, ela tem uma visão abrangente do lugarejo, que é dominado por solteironas aristocratas, cuja monotonia é quebrada pela chegada de um novo morador. As Misses Matty e Deborah, duas irmãs solteironas de meia-idade, são as personagens principais. Elas são pobres, embora de família aristocrata, e se esforçam para viver com dignidade e jamais falam em dinheiro.

Com suas regras próprias, algumas hilárias, hábitos antiquados, onde ninguém está imune aos mexericos, Cranford é uma delícia de lugar!

Cranford de Gaskell

Publicado pela primeira vez de 1851 a 1853, em Londres, de forma seriada, como eram feitas as publicações no século XIX, a obra traz, basicamente, o cotidiano das mulheres solteironas e viúvas. De forma alguma pense que, pelo estado civil delas, fossem tristes, moribundas ou enfermiças,  muito pelo contrário. Miss Jenkyns e sua irmã Miss Matty Jenkyns, Miss Pole, Mrs. Jamieson, Mrs. Fitz-Adam e Mrs. Forrester eram muito felizes, saudáveis e otimistas, embora pequenas tragédias acometessem-nas de vez em quando, como o desaparecimento de Peter, o irmão das Misses Jenkyns, que foi para a Índia e nunca mais voltou ou deu notícia. Fato inspirado no irmão da própria autora.

Quando o capitão Brown e suas filhas, as Misses Brown e Jessie chegam a Cranford, a monotonia do lugar é quebrada e logo a família se torna o centro das conversações em todas as casas. Até porque um homem em Cranford era raridade! A família do capitão Brown trouxe vida nova à cidade, novos amores, uma energia calorosa e afetiva que foi capitada até pela solteirona Miss Matty, ou Matilda, que, por ironia do destino, volta ao tempo e tenta resgatar um amor do passado com Mr. Hollbook. Cranford é o tipo de romance que foge do comum: heroínas jovens, heróis à flor da idade, se vê o tempo todo por aí. Entretanto, em Cranford, é possível ser feliz quando se já passou na mocidade; quando muitos invernos batem à porta, e isso eu achei muito interessante. Em Cranford, mulheres e homens maduros encontram formas simples de seres felizes; se amam, se casam, se reinventam após uma falência, enfim, há vida após os 40 anos. Lógico, em Cranford os jovens também se amam e se casam, mas o foco não são os jovens!

É também uma cidade que inventou sua própria moda, seu estilo de vida, não importando se o guarda-chuva vermelho está fora de moda em Londres, ou se o vestido era do século passado, bastasse que a touca ou o chapéu estivessem na moda, e tudo estaria muito bem!

Cranford é uma obra que vai te fazer rir, chorar e aspirar por um futuro à sombra de uma árvore qualquer, com uma xícara de chá à mão. Lá uma vaca pode usar uma roupa, uma meia pode ser engolida por uma gata e voltar ao vestido da matrona.

Cranford02

Nesta novela encantadora, Gaskell enreda o leitor com uma narrativa gostosa, irônica, bem ao estilo Jane Austen. Seus personagens, essencialmente carismáticos, quase instantaneamente, irão transportá-lo para a atmosfera bucólica de uma típica cidadezinha interiorana inglesa do século XIX, ouvido o repicar do sino da igrejinha, assistindo uma matinê de um mágico qualquer, tomando chá, ou simplesmente cochilando em frente à lareira. Por que não? E a vida segue feliz! Muito feliz! Pois a felicidade está na simplicidade! Cranford é a prova disso!

A edição da Pedrazul foi traduzida por Silvia M. C. Rezende e é ilustrada originalmente por Hugh Thomson.

Clique aqui e adquira já o seu exemplar de Cranford!

Veja mais obras de Elizabeth Gaskell já lançadas pela Pedrazul Editora:
Esposas e Filhas
Margaret Hale / Norte e Sul
O Chalé de Moorland e Lizzie Leigh
O Chalé de Moorland (eBook)
Lizzie Leigh (eBook)

Veja também a continuação de Norte e Sul escrita por Trudy Brasure:
Um Coração Para Milton
Um Coração Para Milton (eBook)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s